K-dramas de 2016 que são bons, mas…

Annyeonghaseyo!

Depois do post TOP 5 k-dramas de 2016, eu quis falar sobre três doramas que tinham tudo pra estarem entre os melhores do ano, mas… por algum motivo eu acabei cansando de assistir e só consegui terminar com muita força de vontade.

Lembrando que é tudo baseado nas minhas preferências, então isso não quer dizer que os doramas são ruins ou mal feitos. Apenas que não me cativaram o suficiente e aqui estou eu tentando explicar o porquê.

Vamos lá!

img-cheese-in-the-trap-1

Cheese in the trap

Esse foi a maior decepção doramática do ano pra mim. Não que ele seja um drama tão ruim assim, mas é que ele começou TÃO BOM! A história, o clima universitário, o elenco, a prota enfrentando o mocinho e fugindo dele (“- Seoul, você quer almoçar comigo? – Eu não almoço!” hahahaha), ele com um ar meio psicopata stalkeando ela, tudo tão perfeito pra ser o drama do ano! Mas… não sei bem o que aconteceu da metade pro final que quase não consigo nem terminar.

O roteiro praticamente esqueceu o Yoo Jung na segunda metade dos episódios e então a interação entre o casal principal se tornou bem pouca. Além disso, a Hong Seoul, que começou como uma prota tão legal, tão cheia de personalidade, foi se tornando chatinha e dependente do namorado ao longo da história. Desculpava tudo que ele fazia sem nem ao menos confronta-lo ou dizer como se sentia. Yoo Jung, por sua vez, não amadureceu praticamente nada ao longo da trama. Claro que sabíamos que ele tinha um lado sombrio e, sim, isso dava um charme ao personagem, mas gostaria de vê-lo se questionando sobre suas atitudes e analisando as consequência delas, algo que só foi feito no último episódio (e de forma bem apressada, por sinal). Por isso, pra mim, Baek In Ho, foi o melhor personagem do drama e foi o que me fez conseguir terminar de assistir. Ele foi o que mais cresceu e amadureceu ao longo da história, se olharmos pro seu personagem inicial, orgulhoso, egoísta, sem querer se apegar a nada ou a ninguém, veremos o quanto ao final do drama ele se tornou uma pessoa bem diferente.

Ainda assim, indico Cheese in the Trap pra todo mundo, pois traz uma história diferente,  com clima universitário (quem aí não adora saber mais sobre as faculdades coreanas?) e com personagens que fogem um pouco dos clichês de sempre.

img-cinderella-and-the-four-knights-1

Cinderella and Fours Knights

Mais um drama da tvN que quase entrou pro meu ranking dos melhores do ano. Só não entrou por motivos de: shipp errado. Sei que parece um motivo bem inútil pra deixar de gostar de um drama, mas é que, nesse caso, eu realmente odiei o male lead e aí ficar assistindo as cenas romantiquinhas dele com a prota foi se tornando um suplício e me dando vontade de pular tudo.

Fora isso, o drama é bem gostosinho, com uma pegada leve e despretenciosa, de quem não se leva muito a sério, o que faz com que  a gente facilmente engula o plot principal da história: uma mocinha batalhadora e pobre, que vai morar numa casa com quatro “príncipes”. Por sinal, palmas pra Park So Dam, que fez uma prota muito engraçadinha e fofa. Gostei demais!

OBS: tvN, por favor, para de me fazer shippar errado, vá lá! Até em K2 eu sofri com isso.

img-w-1

W: Two Worlds

Sei que W é o queridinho de todos, mas nem o lindo do Lee Jong Suk foi capaz de me fazer gostar desse drama.

A história é bem criativa, o elenco é bom e gostei da química do casal principal, mas… algumas coisas me fizeram cansar.

Demorei demais pra começar a gostar do Kang Chul. Inicialmente não me importei muito com a história de vida dele por que sabia que era um webtoon. Depois fiquei achando-o frio demais, meio robotizado. Talvez se fosse outro ator… É que pra mim Lee Jong Suk tem sempre a imagem de “bom moço”e, talvez por isso, não tenha se encaixado tão bem no papel do riquinho insensível. Em contrapartida, a Han Hyo Soo estava ótima no papel da Oh Yeon Joo! Ela conseguiu transmitir a imagem de mocinha atrapalhada, mas ao mesmo tempo determinada.

Fora isso, era tanto entra e sai do webtoon, que eu já estava torcendo pra que alguém trancasse essa passagem aí entre os dois mundos, o casal decidisse logo onde queria ficar e pronto! Sem falar que em alguns episódios teve tanta explicação sobre como funcionava o mundo do webtoon ou por que Kang Chul não queria  morrer ou por que isso, por que aquilo, que quebrou o ritmo da trama e a deixou cansativa.


Então é isso, gente!!!

Deixem seus comentários, seja concordando, discordando ou acrescentando outros doramas que são queridinhos de todos, mas que por algum motivo você não gostaram.

Beijinhos.

Anúncios

Escrito por

Ama bichos, livros, filmes e séries. Viciou nos doramas e agora jura que vai morar no Japão. Não sabe bem o que quer fazer da vida, mas continua tentando descobrir.

2 comentários em “K-dramas de 2016 que são bons, mas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s