The Princess Weiyoung

Annyeonghaseyo!

Hoje trago pra vocês a resenha de um c-drama. Não costumo assistir a muitos c-dramas, pois os acho artificiais e por que mandarim ainda é muito estranho aos meus ouvidos. Mas dessa vez resolvi abrir uma exceção.

Tudo começou quando eu estava lá em um final de semana qualquer sofrendo de depressão pós WFKBJ (ainda não superei) e sem conseguir encontrar nenhum dorama pra maratonar. Todos que eu começava, só conseguia assistir um ou dois episódios seguidos e cansava. Então pesquisando no Dramas Lovers, achei essa resenha maravilhosa do Princess Weiyoung. E pensei: por que não? Se for chato eu paro nos primeiros episódios.

Eu não podia estar mais enganada!!! Eu simplesmente não conseguia parar de assistir. Como eu AMEI esse dorama, gente! Senti raiva, tristeza, surtei pelos personagens e fiquei ansiosa pra saber como a história ia se desenrolar. E lá pelo 20º episódio já estava cantando a música da opening como se tivesse escutado mandarim minha vida inteira.

OBS: Por um milagre, eu consegui fazer uma resenha sem spoilers (\o/), então podem ler à vontade.

🙂

Ficha Técnica

img-princess-weiyoung

Título: The Princess Weiyoung
Título original: 锦绣未央 (锦绣未央)
Rede de TV: Dragon TV
Ano de transmissão: 2016
Gênero: épico / romance / vingança
Capítulos: 54
Cast principal:
Tiffany Tang como Li Weiyoung / Feng Xin Er
Luo Jin como Tuoba Jun
Vanness Wu como Tuoba Yu
Mao Xiao Tong como Li Changru
Li Xin Ai como Li Changle

Sinopse:

Feng Xin Er é uma princesa da reino de Liang de Norte. Seu pai, Xin Er, é falsamente acusado de cometer traição contra a Dinastia Wei e ele e toda a sua família são assassinados pelo general Li Minfeng. Devido a ajuda de sua guarda-costas, Feng Xin Er consegue escapar com vida e fugir para o campo. Lá encontra Weiyoung, que salva sua vida e lhe dá abrigo e comida.

Weiyoung é filha do primeiro-ministro da dinastia Wei e meia-irmã de Li Minfeng, mas por ser considerada um mau agouro, foi obrigada pela família a viver no campo isolada. Um dia, Weiyoung é morta a mando de alguém da própria família. Com o intuito de salvar seu povo e vingar a morte de sua família e de sua nova amiga, Feng Xin decide assumir a identidade de Weiyoung e vai morar na casa da família que destruiu seu reino e seus familiares.

Personagens:

img-wei-capa

Weiyoung

Como dito, a princesa Feng Xin Er assume a identidade de Weiyoung e vai morar na casa do Primeiro-Ministro em seu lugar.

Lá mora gente pra emprestrar e distribuir pra outras casas e outras famílias, se quiserem. São 11 pessoas, sem contar com Weiyoung e os criados. E no meio de tanta gente, Weiyoung vai fazer amigos, em quem poderá confiar, bem como inimigos, que farão de tudo, mas tuuuuudo mesmo, para se livrar dela.

Pra enfrentar todos esses problemas e ainda conseguir sua vingança, Weiyoung aprende que precisa resolver seus próprios problemas, sem esperar que apareça alguém para ajudá-la.

img-tuoba-jun-capa

Tuoba Jun

É neto do Imperador da Dinastia Wei e o príncipe herdeiro preferido para ocupar o trono. Por isso, seus tios, Tuoba Han e Truoba Yu, estão sempre tramando para derrubá-lo e tomar seu lugar de prestígio.

Tuoba Jun é o típico mocinho bonzinho: alegre, gentil, justo, leal e apaixonado. Ele vai fazer de tudo pra proteger Weiyoung e para conquistá-la.

img-tuoba-yu-capa

Tuoba Yu (Príncipe Nanán)

É filho de umas das concubinas do Imperador e por isso sempre se sentiu menosprezado. Ao contrário de Tuoba Jun, deseja assumir o trono e se tornar imperador para que finalmente possa ter o poder que sempre desejou.

Tuoba Yu é frio, calculista e inteligente. Ele vê em Weiyoung uma possível ajuda para conseguir alcançar seus objetivos e para isso tentará usá-la, mas… durante esse processo vai descobrir-se apaixonado por ela.

img-changle-capa

Changle

Changle é meia-irmã de Weiyoung, filha de Chiyun Rou e do Primeiro Ministro. Se sente insegura com a chegada de Weiyoung à casa de seu pai e, por isso, a hostiliza.

Ela é arrogante, mimada, invejosa e cruel. Gosta de Tuoba Jun e vai fazer de tudo para se casar com ele e se tornar a futura imperatriz. Esse é mais um motivo para ver em Weiyoung uma inimiga e atormenta-la constantemente.

img-changru-capa

Changru

Changru é prima de Weiyoung e também mora na casa do Primeiro Ministro.

É sempre oprimida por Changle, que possui uma posição de maior prestígio na família Li e por isso se sente desvalorizada. Com a chegada de Weiyoung, encontra nela uma amiga.

Ela gosta do Tuoba Yu desde que o encontrou pela primeira vez, quando eram crianças, e fará de tudo para se casar com ele.

POR QUE ASSISTIR?

1- A PROTA

gif-wei-imp

“Glamurosa!
Rainha do funk
Poderosa!
Olhar de diamante”

Se tem algo de que não posso deixar de falar em The Princess Weiyoung é da força da protagonista. Em alguns doramas, às vezes, as protas ficam apagadas e a gente só consegue olhar pros oppas. Mas aqui não! Weiyoung é dona absoluta da trama.

gif-wei-3

Determinada, inteligente, eloquente, gentil, justa, bondosa, corajosa. Weiyoung é tudo isso e muito mais.

img-wei-4
“Não empurra”

Ela não leva desaforos pra casa, mas nem por isso cai no estereótipo de que pra ser forte é preciso ser fria ou invencível. Weiyoung também é amável, cuida e se preocupa com aqueles de quem gosta. Ela também possui fraquezas, o que faz com que a gente se identifique com a personagem e crie empatia por ela. Um exemplo disso é o conflito interno que ela sofre quando começa a perceber que está se apaixonando por Tuoba Jun. Ou ainda a dor e o desamparo que ela transmite quando perde uma pessoa que gosta muito.

Além disso, é ela quem realmente, e literalmente, faz a trama andar! Praticamente tudo acontece por causa de Weiyoung. Seja pelas consequências dos atos daqueles que tenta derrubá-la, seja pela solução que ela cria para os conflitos e seja, ainda, pelas suas atitudes em busca de vingança.

Repitam comigo: Weiyoung é rainha e o resto é nadinha!

2- O MOCINHO COMPREENSIVO

Se Weiyoung é rainha absoluta do dorama, Tuoba Jun é o rei que a ajuda e a apóia sempre.

gif-tuoba-jun-rindo

Como eu gostei desse mocinho, gente!!! Foi a combinação ideal pra uma protagonista como a Weiyoung. Ao lado dele, ela ficava mais leve, como se esquecesse os problemas em que vivia se metendo.

Logo de início, os dois se interessam um pelo outro, mas, como eu disse, a Weiyoung entra em um conflito interno quando descobre que ele é o neto do Imperador que dizimou seu reino. Então ela começa a rejeitá-lo. Mas vocês acham que ele desiste??? Essa criatura leva patadas e mais patadas e ainda assim, está sempre ali, sorrindo, paciente, tentando conquistá-la e sempre pronto pra ajuda-la.

Apesar de ser o preferido na sucessão ao trono, inicialmente, ele não quer se envolver em disputas políticas. É apenas quando começa a levar na cara ser afetado pela briga do trono que ele decide disputar o trono. E aí se torna menos ingênuo e mais calculista.

3- GIRL POWER

Se em Scarlet Heart Ryeo temos como foco a disputa entre os príncipes, em Princess Weiyoung o foco são as tretas causadas (e resolvidas) principalmente pelas mulheres. Pelo menos na primeira metade dos episódios, quase todas as tramas envolvem as filhas, sobrinhas e esposa do Primeiro Ministro e suas relações entre si.

Elas brigam, se ajudam, se desesperam, sentem inveja umas das outras e estão sempre tramando para conseguirem alcançar seus objetivos. E isso, meu povo, é maravilhoso!!! Um dorama em que o protagonismo é realmente feminino é algo que devemos sempre prestigiar.

gif-girls-1
Vamos, miga. Vamos conquistar o mundo.

E dentre tantas tramas e tantas tretas que acontecem nesse grupo de mulheres, teremos aquelas personagens que vão sempre ajudar nossa prota, aquelas que estarão sempre atrapalhando e há ainda algumas que ora ajudam, ora atrapalham, de acordo com o que lhes for mais conveniente.

img-girls-1

Uma características das mulheres de Princess Weiyoung é a determinação delas em alcançar seus objetivos. Seja conquistar um amor, se tornar imperatriz ou vingar o assassinato de sua família, todas elas, mesmo com os inúmeros obstáculos que enfrentam, não desistem de tentar conseguir o que querem. Algumas delas, inclusive, não hesitam em passar por cima dos outros ou em machucar as pessoas que lhe são próximas.

img-cena-girls-1img-cena-girls-2img-cena-girls-3img-cena-girls-4

img-cena-girls-5
“- Tudo que você faz é chorar. O que tem de útil em chorar? – Eu… – Não importa o que você deseja, não importa os meios, não importa o preço. Você deve conseguir”

Sei que parece que estou defendendo personagens com atitudes não muito legais, mas não é isso!!! É que acho sempre bom fugir do clichê de mocinha frágil e sofrida, em que apenas a vilã persegue seus objetivos de maneira implacável. Tá mais do que na hora de protas e personagens secundárias fortes e determinadas.

Com uma penca de doramas em que as mulheres normalmente aguentam tudo de cabeça baixa, resignadas, esperando tudo dar certo, Princess Weiyoung mostra que elas podem sim virar pro mundo e dizer: peraí! Cansei de apanhar! Agora EU vou correr atrás dos meus sonhos. E… vrá! Foi.

4- PERSONAGENS

Em doramas com uma trama mais complexa e pesada, eu adoro personagens não tão lineares assim. Sabe aquele personagem meio cinza? Que não é de todo ruim, mas também não podemos dizer que é bom? Faz de tudo pra conseguir o que quer, mas também se sacrifica por amor? Então… Princess Weiyoung está recheado deles! A própria protagonista começa sua saga desejando se vingar das pessoas que causaram a morte de sua família.

img-wei
“Você realmente pensou que eu não iria revidar?”

Quase todos os personagens me fizeram sentir desde raiva e ódio até empatia e amor. Claro que alguns me fizerem sentir beeeeem mais raiva do que qualquer outro sentimento -.- Mas, no geral, mesmo os bonzinhos em algum momento tomaram atitudes não muito louváveis e os vilões, em algum momento, me fizeram simpatizar com a dor deles.

Além disso, os personagens de Weiyoung também são profundos. Eles não param de crescer e se desenvolver ao longo do trama. Se analisarmos suas atitudes nos episódios iniciais e compararmos com os episódios finais, vemos que eles mudaram demais. Suas motivações e meios para alcançá-las aprofundam-se juntamente com os conflitos. Dois exemplos bem marcantes disso são o Tuoba Jun e a Changru. A medida que vão sofrendo, vão se tornando cada vez mais decididos (ou desesperados) em atingirem seus objetivos, não importando o meio utilizado.

5- CASAIS, CASAIS E CASAIS

Nem só do casal principal vive o drama. Os casais secundários são tão complexos e tão cativantes quanto o principal. E, como vocês sabem, dorama histórico é sinônimo de sofrimento, então nenhum relacionamento amoroso vai ser feito apenas de flores e arco-íris. The Princess Weiyoung parece uma corrente de amor não correspondido.

Sintam só o drama!

Changle gosta do Tuoba Jun que gosta da Weiyoung que não quer gostar de ninguém, mas gosta do Tuoba Jun.

Changru gosta do Tuoba Yu que gosta Weiyoung.

E Tuoba Di gosta do Li Minde que gosta dela também, mas é burro pra perceber que gosta da Weiyoung.

Apenas pessoas felizes e realizadas no amor, né?

O bom desses triângulos amorosos, é que, assim como os personagens, todos tiveram seus momentos! Seja pra nos fazer sentir raiva, alegria ou pra chorarmos juntos!

Li Minde e Tuoba Di casal mais levinho e menos sofrido, mas nem por isso deixaram de enfrentar muitos problemas juntos. Shippei MUITO os dois e sorri nas cenas deles infinitas vezes. Tuoba Di foi a personagem que NUNCA me fez sentir nada além de amor. Nenhum atitude dela me fez reprová-la ou ficar com raiva.

gif-cena-3gif-wei-jun-5gif-casamento-3

Claaaaro que o casal principal precisava sofrer pakas, né? E eles sofrem! Mas também constroem um amor bonito, forte e leal.

Eu não sei vocês, mas eu adoro esses romances em que os protas se gostam, mas há algo que os impede de ficarem juntos. Weiyoung não queria assumir seu sentimento por Tuoba Jun, mas ao mesmo tempo não conseguia deixar de pensar nele ou de ajudá-lo quando ele precisava. Já ele, mesmo sendo tratado com frieza, confiava e respeitava Weiyoung sempre. Era lindo ver como eles cuidavam um do outro e como acreditavam nesse amor.

E sabem o que é o melhor de tudo? O shipp fora das telas também é real: eles estão namorando, meu povo! É muito amor. ❤

img-triangulo-10

Tuoba Yu e Changru também tiveram suas cenas marcantes e sua própria história de sofrimento e amor. Em alguns momentos, consegui ser empática com a dor dela por esse amor não correspondido. Mas ainda assim torci pro Tuoba Yu se apaixonar pela Weiyoung. Hohohohohohoh

img-triangulo-2

E o que falar do amor doentio de Changle pelo Tuoba Jun? Óbvio que não shippei o casal em momento algum, mas achei toda a trajetória de perseguição e conquista amorosa da Changle muito condizente com a personagem.

6- ROTEIRO

Eu gosto é de tretaaaas!

E em Princess Weiyoung só o que temos é tretas. Direto. Sempre. O dorama se desenvolve da seguinte forma: treta envolvendo Weiyoung -> tensão -> resolução -> nova treta -> nova tensão -> nova resolução e assim sucessivamente.

gif-casal-2
Me dá aqui esse dorama tranquilo e de boas.

E olha, apesar de em alguns momentos esse recurso de tornar repetitivo, a trama não é NADA cansativa e o ritmo não diminui em momento NENHUM. Tudo está sempre caminhando, os personagens vão se aprofundando, os conflitos também, outros personagens vão se desenvolvendo e sempre há algum problema a ser resolvido! Isso faz com que você SEMPRE queira saber o que vai acontecer.

Sabe aquela história de: “eu sei que ela vai se salvar por que o dorama não vai terminar agora, mas, AIMEUDEUS, comoooo? Preciso saber!” E lá se vão 5 ou 6 episódios seguidos sem nem notar. Se vocês me disserem que o dorama tem 54 episódios, eu digo que é mentira! Não tem como eu ter assistido isso tudo de episódio em tão pouco tempo sem ficar entediada em momento nenhum. Ele só tem 20. Sério.

POR QUE ASSISTIR, APESAR DESSES PROBLEMAS (NÃO EXISTE OUTRA OPÇÃO ALÉM DESSA, TÁ)?

1- MAQUIAGEM E EFEITOS ESPECIAIS RUINS

Uma das minhas implicâncias com os c-dramas é que normalmente acho a maquiagem e cenários muito irreais. Aquela coisa bem Malhação, sabe? Em que todo mundo tá sempre muito arrumadinho, tudo bonitinho demais pra parecer com a vida real. E em Princess Weiyoung não foi diferente. Enquanto os figurinos foram belíssimos e as cenas no palácio mostravam toda a opulência da realeza, as maquiagens artificiais e os efeitos especiais mal-feitos me incomodaram bastante. Com o tempo você vai se acostumando, mas, olha, nas primeiras cenas tive um pouco de vergonha alheia, assumo.

Essa é cara dos mocinhos depois de escaparem de um incêndio.

2- TRAMA REPETITIVA

Como eu disse, a fórmula utilizada pra criar conflitos normalmente era a Weiyoung ser culpada por algo e então ser presa ou condenada a morte. Daí ela precisava provar que era inocente e se livrar das acusações.

img-wei-3
Não sei dizer quantas vezes vimos a Weiyoung com essa roupinha de prisioneira.

Depois de 54 episódios, em que esse recurso foi usado muitas e muitas vezes, claro que ficou repetitivo. Mas isso não significa que o enredo ficou entediante ou que quebrou o seu ritmo. Apesar disso, a trama se manteve empolgante e envolvente até o final.

ONDE ASSISTIR?

The Princess Weiyoung está disponível legendado no Drama Fever e no Dramas Lovers.


Resumindo: eu AMEI The Princess Weiyoung e acho que é um c-drama que vale muito à pena assistir!!

E já tenho um desejo pra esse ano: que a Coréia faça sua versão do dorama. Tenho certeza que eu me acabaria em infinitas lágrimas, mesmo já sabendo a história.

Ô, Coréia, já falei no twitter: já montei até o cast pra te ajudar. Por favorzinho! Nunca te pedi.

Mas… enquanto nenhuma produtora me escuta, assistam o c-drama que já tá maravilhoso do jeito que tá!

Anúncios

Escrito por

Ama bichos, livros, filmes e séries. Viciou nos doramas e agora jura que vai morar no Japão. Não sabe bem o que quer fazer da vida, mas continua tentando descobrir.

2 comentários em “The Princess Weiyoung

  1. Oi Nath!
    Eu estou louca pra ver esse drama! E só vejo elogios! Gosto muito das suas opiniões e fiquei ainda mais interessada. Pretendo ver esse em breve, quem sabe nesse feriado de carnaval né?! hahaha
    Mesmo com esses problemas se você diz que não deixa entediante, acredito! ^^
    Obrigada pela dica! Beijos!

    Curtir

    1. Oi Mari,
      Pois corre pra ver pq ele é maravilhoso!
      Tô panfletando pra todo mundo hehehehe
      E não fica entediante não. Eu simplesmente devorei em poucos dias! E nem pareceu que ele tinha tantos episódios assim :O
      E obrigada pelo comentário.
      Beijo.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s