Você é feminista?

Hoje decidi fugir um pouco dos doramas e falar sobre feminismo.

O empoderamento feminino vem ganhando força nesses últimos anos (ainda bem!). E aí vejo muitas mulheres com algumas dúvidas e dizendo coisas como: – eu não sou feminista por que as feministas são todas chatas – Eu não gosto do feminismo – Eu não sei se sou feminista, ó.img mulan 4

Então resolvei falar um pouquinho sobre isso. Por que, sim, sou feminista e amo ler e conversar sobre o assunto.

Primeiro de tudo, acho que precisamos explicar direitinho o que faz uma pessoa ser feminista ou não, né?

Segundo, preciso esclarecer uma coisinha. O feminismo é um movimento mundial e plural! Ele está em constante construção. Não é algo estático, em que se pode dizer: pronto, taqui, construímos o feminismo e agora ele não muda nunca mais. Existem vários feminismo!

Mas… mesmo com essa diversidade toda, existe um testezinho rápido que você pode fazer pra saber se você é feminista ou não.

Está preparada?

Então vamos lá!

Simone de Beauvoir
Simone de Beauvoir

Você acha que homens e mulheres devem ter direitos iguais?

(   ) sim

(   ) não

Se você respondeu sim para a pergunta, migaaaa, você é feminista!

Se você respondeu não, miga, senta aqui, vamos conversar. Me conta por que você acha isso, me deixa tentar entender o que você tá pensando. Vamos dialogar!

img ARMANDINHO 4
Fonte: Face do Armandinho

Prosseguindo…

Talvez… mesmo respondendo ao teste, você tenha ficado com algumas dúvidas e queira fazer algumas perguntas, não é?

Pois simbora responder algumas delas.

1- Mas, Nath, homens e mulheres já são iguais perante a lei. Então pra que serve o feminismo?

img MOANA 1Verdade. Segundo o art. 5º da Constituição Federal:

Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, (…) nos termos seguintes: I – homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição“.

A questão é… na vida real e no nosso cotidiano, isso acontece? Você acha que a sociedade trata todos de maneira igual? Rico, pobre, mulher, homem, negro, branco, etc?

Bom… tenta lembrar algumas situações do seu dia-e-dia e responder as seguintes perguntas:

  • Quem normalmente é responsável pela maioria das tarefas domésticas de uma casa?
  • Os cargos de gerência são majoritariamente formados por homens ou mulheres?
  • Em casos de filhos de pais separados, quem normalmente tem mais responsabilidades ou compromisso na criação dos filhos?
  • E em casos de pais que moram juntos, esse cenário muda?
  • Quando você era criança/adolescente quem costumava ir aos médicos com você?
  • Os casos de violência doméstica são mais comuns em mulheres ou em homens?
  • A sociedade se incomoda mais com o que as mulheres vestem ou com o que os homens vestem?
  • Em uma festa, é mais normal passarem a mão na bunda dos homens ou das mulheres?
  • Existem mais políticos homens ou mulheres?

GIF THE HEPL 7

Eu poderia fazer uma lista quase interminável só com situações práticas que demonstram essa diferença. Mas… acho que já deu pra pegar o um pouco o espírito das coisas, né? Existir uma lei não muda muita coisa, enquanto a mentalidade da sociedade não mudar. E pra isso a gente tem que discutir, debater e reclamar sim!!!

2- Nath, feminismo é o contrário de machismo?

GIF VIOLA 1

Não, não é, nem nunca foi. Machismo é o comportamento que defende a superioridade do homem. Já o feminismo defende a igualdade de gêneros.

Ah, mas, Nath, quase não existe mais machismo. Sim, gente. Existe! Existe muito! Mesmo que de maneira velada. A questão é que esse conceito fica tão preso no nosso subconsciente que a gente não percebe. Aí acabamos repetindo coisas como: meu namorado me traiu, vou já saber quem foi a vadia; mulher gosta de dinheiro; minha filha não vai namorar; dentre outros absurdos que escutamos por aí.

3- Eu posso ser feminista e ser dona de casa? Sou obrigada a trabalhar, mesmo que eu queria me dedicar a minha família e meu marido?

img mulan 3

Não, você não é obrigada a nada. O que queremos é que mulher tenha liberdade na hora de escolher. E quando eu digo liberdade, eu falo na prática, liberdade efetiva! Às vezes até parece que a gente tem liberdade por que estudamos em colégios mistos, fizemos faculdade, assim como os meninos, mas… aí a mulher vai entrar no mercado de trabalho e dependendo da área ela terá maior e dificuldade do que os homens ou vai ganhar menos ou ela, quando casa, tem que trabalhar e fazer as tarefas domésticas ou quando tem filhos tem que trabalhar e cuidar dos filhos. Isso tudo cansa e dificulta. O que queremos é que homens e mulheres sejam ensinados a cuidar da casa e dos filhos e a terem uma carreira. Se a sociedade passar a encarar homens e mulheres como igualmente responsáveis pelo cuidado da família, da casa e por terem uma carreira, aí sim poderemos dizer que a mulher é livre para escolher.

4- As feministas fazem muitas passeatas tirando a roupa, mas eu não concordo com isso.

img ARMANDINHO 3
Fonte: Face do Armandinho

Tudo bem. Se você não quer tirar a roupa, não tem problema nenhum, é um direito e uma escolha sua. Existem correntes feministas que fazem esse tipo de protesto pra mostrar que, se os homens podem andar sem camisa por aí, então nós também podemos. Mas você não é obrigada a fazer isso, é escolha sua. Novamente… a luta feminista é apenas pra conseguir maior liberdade para as mulheres para que, caso elas queiram, elas possam tirar a blusa ou andar sem sutiã sem sofrerem por isso.

5- A verdade é que eu não me sinto representada pelas feministas, elas parecem muito radicais.

img FEMINISMO 2

Como todo movimento social, o feminismo possui vertentes, algumas mais radicais, algumas menos. Claro que a mídia e as redes sociais costumam dar mais publicidade pros grupos mais radicais, pois eles chamam mais atenção!!! Mas… tenho infinita certeza que se você procurar, você conseguirá encontrar feministas que são donas de casa, que gostam de cozinhar, de cuidar dos filhos, mimar o marido. Será que você se sentiria representada por feministas assim? E… se ainda assim você não se sentir representada, você mesma pode levantar sua bandeira. “Eu, Nath, sou feminista e tenho vergonha do meu próprio corpo!”. O feminismo é plural, por que nós, pessoas, somos assim.

6- Eu já li que o homens não podem ser feministas. É verdade?

De novo a gente entra na questão da pluralidade de vertentes feministas. Umas dizem que eles só podem ser pró-feminismo, outras dizem que podem ser feministas sim. Mas… uma coisa é comum a todas: ainda que os homens possam ajudar, o protagonismo da luta feminista tem que ser das mulheres sim!

img MARIA QUIT
Maria Quitéria: a “Mulan” brasileira

Seria algo mais ou menos assim… digamos que você fez 18 anos e quer ter um carro pra se sentir independente. Acho que quem já comprou o próprio carro aqui, sabe que isso tem um gostinho bem diferente de ganhar um carro dos pais. Comprar seu próprio carro com você mesmo significa que você precisou lutar e se esforçar pela sua independência, ela foi mais sofrida e, sendo assim, mais preciosa. Sabe aquele ditado: tudo que vem fácil, vai fácil? Então… se os homens lutarem pela gente, alguma dia eles poderiam retirar nossas vitórias. Se nós mesmas lutarmos, significa que somos fortes o suficiente pra alcançar nossos objetivos, defendê-los e lutar de novo, caso seja necessário. Deu pra entender?

7- Eu gosto muito de arrumar, andar maquiada e bem vestida, mas as feministas dizem que isso é um padrão imposto pela sociedade. E aí, preciso ser desleixada?

Não, miga. Se arrume, se produza, se joga! Levante sua bandeira e diga: sou feminista e sou barbiezinha. Na história do feminismo (e da moda), em certo momento, mulheres consideradas fortes eram aquelas que possuíam características que eram consideradas masculinas. Daí, as mulheres da época usavam terno, calças e gravatas. Hoje em dia, isso mudou. Achar que feminilidade é sinal de fraqueza, é machismo e mostra o quando ainda temos que mudar e construir.

O que o feminismo atual discute é: você realmente está se arrumando por que quer ou por que desde criança você ganhou bonecas maquiadas e bem vestidas? Ou por que as novelas ensinaram que pra conquistar um paquerinha, você precisa se arrumar? Ou ainda por que as mães e pais chamam a filha de “minha princesinha” e o filho de “meu garotão”? Esse é o questionamento do movimento! Nós somos ensinadas a ser bonitinhas e arrumadinhas desde criança, então será que realmente temos liberdade?

Ah, Nath, mas mesmo me questionando sobre isso, eu quero ser barziezinha! Então seja. O feminismo defende exatamente isso: seja quem você quiser!!!

8- Nath, tudo bem. Entendi tudo. Mas mesmo assim eu não quero ser chamada de feminista, ó. Tem algum problema? Sou obrigada?

IMG THE HELP 7

Não, não é. Mas… só em você se chamar de feminista, você já estaria ajudando e isso seria MUITO BOM. Infelizmente, por conta dos mitos que rolam pela net, a palavra feminista adquiriu um tom pejorativo. Essa reação já demonstra o machismo impregnado em nossa sociedade, pois ela está rejeitando um movimento que busca apenas a igualdade entre os gêneros. Então quanto mais mulheres tiverem coragem de dizer: sou feminista! Mais força nós mulheres ganhamos e mais unidas ficamos. Só em conversar com sua filha, irmã ou amiga sobre isso, você já está ajudando a desmitificar o movimento e dando força a ele.

Acho que uma das coisas mais importantes do movimento é a união entre as mulheres, que durante muito tempo foi sendo questionada pela sociedade, filmes, novelas, livros, piadas, e felizmente vem ganhando força. o/

Não esqueçamos: juntas somos mais fortes!

img FEMINISMO 8
Fonte: Face da Guta Garatuja

E aí? Deu pra tirar algumas dúvidas e responder direitinho se você é ou não feminista?

Espero que sim.

Beijinhos. E té mais.

Escrito por

Ama bichos, livros, filmes e séries. Viciou nos doramas e agora jura que vai morar no Japão. Não sabe bem o que quer fazer da vida, mas continua tentando descobrir.

2 comentários em “Você é feminista?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s