Strong Woman Do Bong Soon

E lá se foi o dorama mais fofinho da temporada!

Strong Woman Do Bong Soon começa fraquinho, com uma péssima edição e uma história que parece bem sem graça. Mas… foi só passar uns 3 episódios, que o drama conseguiu corrigir esses defeitos e apostou no que tinha de melhor a oferecer: a química do casal principal.

OBS: O texto não contém spoilers.

SWDBS 1

 

Rede de transmissão: JTBC
Ano transmissão: 2017
Gênero: Romance / Comédia
Capítulos: 16
Cast principal:
Park Bo Young como Do Bong-Soon
Park Yung Sik como An Min-Hyuk
Ji Soo como In Kook-Doo

.

A sinopse é bem simples: Conta a história de uma jovem, que possuiu uma força descomunal, e seu cotidiano, amores e problemas.

Do Bong Soon, interpretada pela maravilhosa Park Bo Young, nasceu com um poder especial, ela é incrivelmente forte. Mas forte no estilo Jéssica Jones ou Super Homem, sabe? Apesar disso, ela procura viver um normal e tudo o que mais quer é apenas conseguir um emprego como designer de jogos para computador.

GIF SWDBS 1
Oi, alguém precisando de uma heroína?

Uma das coisas que mais gostei na caracterização da personagem é que o drama fugiu daquele estereótipo, chato e batido diga-se de passagem, de que pra ser forte, nós mulheres precisamos ter características masculinas, andar desarrumadas e ser beeeem badass. Bong Soon, além de gentil, é suuuuuuper fofa e feminina. Fora isso, ela possui um ótimo coração e vira e mexe está ali, usando seu poder pra ajudar os outros ou pra dar uma lição em quem merece. Eu realmente AMEI essa personagem.

Dá vontade de colocar num potinho, né? *_*

E se eu amei a mocinha, eu me apaixonei perdidamente pelo mocinho.

An Min-Hyuk é o CEO ~lindo e maravilhoso~ de uma empresa de jogos eletrônicos e está sendo perseguido e ameaçado. Certo dia, ele vê Bong Soon “em ação” e fica completamente impressionado. Daí… ele decide contrata-la para ser sua guarda-costas e lhe ajudar a descobrir quem é o stalker. ~Siiiiiiiiiiim! Ele será protegido por uma mulher~ Com isso os dois se aproximam e, claro, se apaixonam.

GIF SWDBS 21
Peraí que eu fiquei sem ar.

Min Hyuk, ou Min Min como Bong Soon chamava, é o mocinho perfeito: companheiro, carinhoso, compreensivo, apaixonado e que sempre escuta e respeita a vontade da namorada. Era linda a maneira que ele falava da Bong Soon, sempre admirado e orgulhoso dela. Por mais protagonistas assim, Coréia, por favor.

Como pode ser tão lindo? Ain Ain ❤

Além do casal fofo, temos o Ji Soo e sua tão famosa friendzone.

Ji Soo é In Kook-Doo, um policial amigo da Bong Soon da época do colégio e por quem ela tem um crush. Como crush ele é um ótimo policial. E como policial, um perfeito atrapalha shipp >T

Sabem aqueles mocinhos abusados e grosseiros, estilo 1% of Somenthing? Pois então. Ji Soo é exatamente desse jeito e, por conta disso, devo dizer que dessa vez eu não fiquei nenhum pouquinho triste por ele levar um fora.

Não consigo nem contar o número de vezes que ele gritou com a Bong Soon e colocou o dedo na cara dela. Sem falar que ele estava sempre diminuindo-a e dizendo que ela precisava fazer isso e aquilo.

Ao final do drama tentaram redimi-lo mostrando a amizade e carinho que ele tinha pela Bong Soon, mas, sinceramente? Não colou nenhum pouco e o máximo que consegui foi acha-lo tolerável. E só.

POR QUE ASSISTIR?

SWDBS tem um clima super gostoso, que não dá vontade de parar de assistir. Ao mesmo tempo que é leve e divertido, possui cenas mais dramáticas e sinistras, mesclando comédia, romance e suspense super bem.

Assim como acompanhamos o dia-a-dia da Bong Soon e seus problemas e dramas pessoais, temos um grupo de mafiosos atrapalhados, que fazem cenas de comédia bem exageradas, e um suspense policial, envolvendo um sequestrador de mulheres.

Em seus primeiros episódios, muita gente criticou os efeitos especiais ruins. Eles não são ruins, gente… são péssimos! Hahahahahaha Mas eu entendi que era proposital, a idéia era exagerar e ser tosco mesmo pra divertir e fazer rir. Bom ou não, os efeitos tosquinhos das cenas de ação foram diminuindo e os episódios finais trouxeram cenas que realmente me deixaram tensa e apreensiva.

E então temos o melhor de tudo: o romance. Que romance, heim? Eu morria toda semana com as cenas desse casal super fofo ❤

GIF SWDBS 16

Bong Soon e Min Hyuk formam um dos casais bonitinhos de todos os tempos! É assistir e se apaixonar na mesma hora pelos dois. São tantas cenas amorzinho, tantos abraços, carinhos e beijos, que eles acabaram se tornaram um do meus casais favoritos.

Além de fofinhos, eles ainda eram super companheiros: estavam sempre juntos, se divertiam, discutiam, conversavam sobre seus problemas, preocupavam-se um com o outro e se ajudavam sempre. Me lembraram demais a Bok Joo e o Joon Hyung, de Weightlifting Fairy Kim Bok Joo (post aqui).

Alguém falou beijo?

E é justamente a interação desses dois lindinhos a maior qualidade e o grande diferencial do drama. A junção da fofura da Bong Soon com o jeito doidinho e engraçado do Min Min fez dos dois um parzinho perfeito e muito, muito, querido. Eu suspirava feito boba nas cenas deles. Era química pra espalhar pela Coréia inteira. Namorem, por favor. Namorem!

GIF SWDBS 10
Minha reação assistindo as cenas dos dois

Claaaro que eu não poderia falar de SWDBS sem citar a questão da representatividade feminina.

Se observarmos, os filmes, séries, desenhos e dramas costumam ter super-heróis masculinos, ainda bem que isso está mudando e Bong Soon é mais uma prova disso. O drama traz como heroína uma jovem comum, com problemas comuns como desemprego, amor não correspondido e brigas familiares.

GIF SWDBS 22

Além disso, já falei que eu adorei o fato da Bong Song ser bem feminina e bem bonequinha mesmo. Chega de achar que super heroínas (chega fica estranho chamar assim, né?) precisam ser hiper sexualizadas como nos games ou masculinizadas, como em algumas series e vídeos. Ser forte e salvar o mundo não tem relação com seu jeito de se vestir ou falar. u.u

GIF SWDBS 27
Salvando a Coréia e arrumando o cabelo

UM DEFEITINHO APENAS

Inicialmente, o clima de suspense parecia totalmente desconexo da trama, como se estivéssemos vendo dois dramas diferentes: um com cenas românticas e engraçadas e um mais sombrio, com cenas escuras e perturbadoras.

Acredito que isso tenha acontecido por que nenhum dos protagonistas tinha qualquer ligação com os casos e nenhuma personagem foi sequestrada, apenas figurantes e mulheres desconhecidas.

GIF SWDBS 34

Sem falar que, apesar dos sequestros acontecerem no bairro da Bong Soon, ela mesma não parecia ter medo de qualquer agressão, pois uma pessoa tão forte quanto ela, poderia facilmente lidar com um sequestrador. A impressão que passava era: se nem os protagonistas estão se importando, por que o público vai se importar?

GIF SWDBS 32

A medida que o drama foi avançando, esse probleminha foi “consertado” e Bong Soon passou a ter uma relação pessoal com o caso, ajudando a polícia a soluciona-lo e querendo ela própria prender o sequestrador. Foi aí que finalmente o suspense foi incorporado a trama de maneira autêntica.

VEREDITO

Romance, comédia, personagens divertidos, casal perfeitinho e zero possiblidade de shipp errado. Isso tudo faz de Strong Woman Do Bong Soon uma comédia romântica única e simplesmente imperdível.

Assistam! Assistam! Assistam!

ONDE ASSISTIR

Strong Woman Do Bong Soon está disponível legendado no Dramafever, Viki e Kingdom Fansub (precisa de cadastro).

 


 

Desculpem o surto e o número excessivo de gifs, juro que tentei me controlar, mas é impossível assistir esse drama e não se apaixonar pelo casal principal.

Beijinhos. E até.

Você é feminista?

Hoje decidi fugir um pouco dos doramas e falar sobre feminismo.

O empoderamento feminino vem ganhando força nesses últimos anos (ainda bem!). E aí vejo muitas mulheres com algumas dúvidas e dizendo coisas como: – eu não sou feminista por que as feministas são todas chatas – Eu não gosto do feminismo – Eu não sei se sou feminista, ó.img mulan 4

Então resolvei falar um pouquinho sobre isso. Por que, sim, sou feminista e amo ler e conversar sobre o assunto.

Primeiro de tudo, acho que precisamos explicar direitinho o que faz uma pessoa ser feminista ou não, né?

Segundo, preciso esclarecer uma coisinha. O feminismo é um movimento mundial e plural! Ele está em constante construção. Não é algo estático, em que se pode dizer: pronto, taqui, construímos o feminismo e agora ele não muda nunca mais. Existem vários feminismo!

Mas… mesmo com essa diversidade toda, existe um testezinho rápido que você pode fazer pra saber se você é feminista ou não.

Está preparada?

Então vamos lá!

Simone de Beauvoir
Simone de Beauvoir

Você acha que homens e mulheres devem ter direitos iguais?

(   ) sim

(   ) não

Se você respondeu sim para a pergunta, migaaaa, você é feminista!

Se você respondeu não, miga, senta aqui, vamos conversar. Me conta por que você acha isso, me deixa tentar entender o que você tá pensando. Vamos dialogar!

img ARMANDINHO 4
Fonte: Face do Armandinho

Prosseguindo…

Talvez… mesmo respondendo ao teste, você tenha ficado com algumas dúvidas e queira fazer algumas perguntas, não é?

Pois simbora responder algumas delas.

1- Mas, Nath, homens e mulheres já são iguais perante a lei. Então pra que serve o feminismo?

img MOANA 1Verdade. Segundo o art. 5º da Constituição Federal:

Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, (…) nos termos seguintes: I – homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição“.

A questão é… na vida real e no nosso cotidiano, isso acontece? Você acha que a sociedade trata todos de maneira igual? Rico, pobre, mulher, homem, negro, branco, etc?

Bom… tenta lembrar algumas situações do seu dia-e-dia e responder as seguintes perguntas:

  • Quem normalmente é responsável pela maioria das tarefas domésticas de uma casa?
  • Os cargos de gerência são majoritariamente formados por homens ou mulheres?
  • Em casos de filhos de pais separados, quem normalmente tem mais responsabilidades ou compromisso na criação dos filhos?
  • E em casos de pais que moram juntos, esse cenário muda?
  • Quando você era criança/adolescente quem costumava ir aos médicos com você?
  • Os casos de violência doméstica são mais comuns em mulheres ou em homens?
  • A sociedade se incomoda mais com o que as mulheres vestem ou com o que os homens vestem?
  • Em uma festa, é mais normal passarem a mão na bunda dos homens ou das mulheres?
  • Existem mais políticos homens ou mulheres?

GIF THE HEPL 7

Eu poderia fazer uma lista quase interminável só com situações práticas que demonstram essa diferença. Mas… acho que já deu pra pegar o um pouco o espírito das coisas, né? Existir uma lei não muda muita coisa, enquanto a mentalidade da sociedade não mudar. E pra isso a gente tem que discutir, debater e reclamar sim!!!

2- Nath, feminismo é o contrário de machismo?

GIF VIOLA 1

Não, não é, nem nunca foi. Machismo é o comportamento que defende a superioridade do homem. Já o feminismo defende a igualdade de gêneros.

Ah, mas, Nath, quase não existe mais machismo. Sim, gente. Existe! Existe muito! Mesmo que de maneira velada. A questão é que esse conceito fica tão preso no nosso subconsciente que a gente não percebe. Aí acabamos repetindo coisas como: meu namorado me traiu, vou já saber quem foi a vadia; mulher gosta de dinheiro; minha filha não vai namorar; dentre outros absurdos que escutamos por aí.

3- Eu posso ser feminista e ser dona de casa? Sou obrigada a trabalhar, mesmo que eu queria me dedicar a minha família e meu marido?

img mulan 3

Não, você não é obrigada a nada. O que queremos é que mulher tenha liberdade na hora de escolher. E quando eu digo liberdade, eu falo na prática, liberdade efetiva! Às vezes até parece que a gente tem liberdade por que estudamos em colégios mistos, fizemos faculdade, assim como os meninos, mas… aí a mulher vai entrar no mercado de trabalho e dependendo da área ela terá maior e dificuldade do que os homens ou vai ganhar menos ou ela, quando casa, tem que trabalhar e fazer as tarefas domésticas ou quando tem filhos tem que trabalhar e cuidar dos filhos. Isso tudo cansa e dificulta. O que queremos é que homens e mulheres sejam ensinados a cuidar da casa e dos filhos e a terem uma carreira. Se a sociedade passar a encarar homens e mulheres como igualmente responsáveis pelo cuidado da família, da casa e por terem uma carreira, aí sim poderemos dizer que a mulher é livre para escolher.

4- As feministas fazem muitas passeatas tirando a roupa, mas eu não concordo com isso.

img ARMANDINHO 3
Fonte: Face do Armandinho

Tudo bem. Se você não quer tirar a roupa, não tem problema nenhum, é um direito e uma escolha sua. Existem correntes feministas que fazem esse tipo de protesto pra mostrar que, se os homens podem andar sem camisa por aí, então nós também podemos. Mas você não é obrigada a fazer isso, é escolha sua. Novamente… a luta feminista é apenas pra conseguir maior liberdade para as mulheres para que, caso elas queiram, elas possam tirar a blusa ou andar sem sutiã sem sofrerem por isso.

5- A verdade é que eu não me sinto representada pelas feministas, elas parecem muito radicais.

img FEMINISMO 2

Como todo movimento social, o feminismo possui vertentes, algumas mais radicais, algumas menos. Claro que a mídia e as redes sociais costumam dar mais publicidade pros grupos mais radicais, pois eles chamam mais atenção!!! Mas… tenho infinita certeza que se você procurar, você conseguirá encontrar feministas que são donas de casa, que gostam de cozinhar, de cuidar dos filhos, mimar o marido. Será que você se sentiria representada por feministas assim? E… se ainda assim você não se sentir representada, você mesma pode levantar sua bandeira. “Eu, Nath, sou feminista e tenho vergonha do meu próprio corpo!”. O feminismo é plural, por que nós, pessoas, somos assim.

6- Eu já li que o homens não podem ser feministas. É verdade?

De novo a gente entra na questão da pluralidade de vertentes feministas. Umas dizem que eles só podem ser pró-feminismo, outras dizem que podem ser feministas sim. Mas… uma coisa é comum a todas: ainda que os homens possam ajudar, o protagonismo da luta feminista tem que ser das mulheres sim!

img MARIA QUIT
Maria Quitéria: a “Mulan” brasileira

Seria algo mais ou menos assim… digamos que você fez 18 anos e quer ter um carro pra se sentir independente. Acho que quem já comprou o próprio carro aqui, sabe que isso tem um gostinho bem diferente de ganhar um carro dos pais. Comprar seu próprio carro com você mesmo significa que você precisou lutar e se esforçar pela sua independência, ela foi mais sofrida e, sendo assim, mais preciosa. Sabe aquele ditado: tudo que vem fácil, vai fácil? Então… se os homens lutarem pela gente, alguma dia eles poderiam retirar nossas vitórias. Se nós mesmas lutarmos, significa que somos fortes o suficiente pra alcançar nossos objetivos, defendê-los e lutar de novo, caso seja necessário. Deu pra entender?

7- Eu gosto muito de arrumar, andar maquiada e bem vestida, mas as feministas dizem que isso é um padrão imposto pela sociedade. E aí, preciso ser desleixada?

Não, miga. Se arrume, se produza, se joga! Levante sua bandeira e diga: sou feminista e sou barbiezinha. Na história do feminismo (e da moda), em certo momento, mulheres consideradas fortes eram aquelas que possuíam características que eram consideradas masculinas. Daí, as mulheres da época usavam terno, calças e gravatas. Hoje em dia, isso mudou. Achar que feminilidade é sinal de fraqueza, é machismo e mostra o quando ainda temos que mudar e construir.

O que o feminismo atual discute é: você realmente está se arrumando por que quer ou por que desde criança você ganhou bonecas maquiadas e bem vestidas? Ou por que as novelas ensinaram que pra conquistar um paquerinha, você precisa se arrumar? Ou ainda por que as mães e pais chamam a filha de “minha princesinha” e o filho de “meu garotão”? Esse é o questionamento do movimento! Nós somos ensinadas a ser bonitinhas e arrumadinhas desde criança, então será que realmente temos liberdade?

Ah, Nath, mas mesmo me questionando sobre isso, eu quero ser barziezinha! Então seja. O feminismo defende exatamente isso: seja quem você quiser!!!

8- Nath, tudo bem. Entendi tudo. Mas mesmo assim eu não quero ser chamada de feminista, ó. Tem algum problema? Sou obrigada?

IMG THE HELP 7

Não, não é. Mas… só em você se chamar de feminista, você já estaria ajudando e isso seria MUITO BOM. Infelizmente, por conta dos mitos que rolam pela net, a palavra feminista adquiriu um tom pejorativo. Essa reação já demonstra o machismo impregnado em nossa sociedade, pois ela está rejeitando um movimento que busca apenas a igualdade entre os gêneros. Então quanto mais mulheres tiverem coragem de dizer: sou feminista! Mais força nós mulheres ganhamos e mais unidas ficamos. Só em conversar com sua filha, irmã ou amiga sobre isso, você já está ajudando a desmitificar o movimento e dando força a ele.

Acho que uma das coisas mais importantes do movimento é a união entre as mulheres, que durante muito tempo foi sendo questionada pela sociedade, filmes, novelas, livros, piadas, e felizmente vem ganhando força. o/

Não esqueçamos: juntas somos mais fortes!

img FEMINISMO 8
Fonte: Face da Guta Garatuja

E aí? Deu pra tirar algumas dúvidas e responder direitinho se você é ou não feminista?

Espero que sim.

Beijinhos. E té mais.